A Direcção


João Rodrigues da Silva

 


Administrador e consultor jurídico, é licenciado em Direito, e é hoje a cara de todo o projecto. Apesar das diversas contrariedades encontradas de início, liderou-o desde a sua concepção até ao seu nascimento.

Desde cedo se interessou pela área da Família e das Sucessões, a sua verdadeira paixão, e que ainda hoje é algo que muito o toca.

Para si, “a família é a unidade base de toda a sociedade”, e onde “muitas vezes é maltratada”. Esta é uma área bastante sensível e com casos bastante problemáticos. No entanto, e felizmente, nem sempre assim o é! Para além desta área, dedicou também o seu estudo e trabalho ao associativismo e ao desporto.

Anos mais tarde, após convite para criação e liderança do projecto, dedicou-se também ao sector imobiliário, em particular à área dos condomínios. Não vê o ramo imobiliário apenas como um negócio, pois “faz todo o sentido para a sociedade” sendo um “meio lógico e necessário para o seu próprio desenvolvimento”. A Propriedade Horizontal veio criar condições que anteriormente não existiam. “Criou uma maior possibilidade para várias famílias poderem ter o seu próprio espaço e assim melhor se desenvolverem”. Sem ela, “muito dificilmente teríamos o mesmo grau de satisfação pessoal e familiar”.

Algo que também o move em todas estas áreas é a contínua procura de melhores soluções e a dedicação ao pormenor.

A vontade de aceitar liderar todo este projecto deu-se especialmente pelas dificuldades sentidas há vários anos no seu próprio condomínio, administrado por uma entidade profissional, como tantos outros, onde muitas das vezes teve de intervir para resolução de várias questões. Considera que “as famílias não têm de estar preocupadas com estes problemas, especialmente quando existe uma entidade especializada e profissional que está contratada para os resolver”.

"Um condomínio é uma micro sociedade e como tal deve ser encarada. A escolha da administração dessa mesma sociedade é muito importante".

Por saber o que pode correr mal, e por considerar que esta área também requer uma grande sensibilidade, dedica-se agora profissionalmente ao seu estudo e à resolução das diversas situações que surgem nesta área, e que podem colocar em risco a tranquilidade e a estabilidade da vida familiar.


Comments